Logo
Busque por notícias em:
2017
2016
2015
2014
2013
2012
2011

Notícias

  • Jesuítas avaliam o impacto da sua missão

    De 20 a 24 de março foi realizado em Lima, no Peru, o encontro organizado pela Conferência dos Provinciais Jesuítas da América Latina e do Caribe (CPAL), o ImPACtando. O objetivo é avaliar o impacto do Projeto Apostólico Comum (PAC 2011-2020) na ação da Companhia de Jesus no continente, e incorporar para os próximos quatro anos, elementos que foram definidos pela última Congregação Geral 36 (outubro – novembro/2016).

    O encontro contou com a participação do recém-eleito Superior Geral dos Jesuítas, P. Arturo Sosa. Além disso, durante o evento foi realizada a troca da presidência da CPAL com a nomeação de P. Roberto Jaramillo, da Província Colombiana, que até agora vinha desempenhando o cargo de Delegado do Setor Social. Ele sucede o P. Jorge Cela, que retorna à sua terra natal.

    O PAC tem seis prioridades como sua espinha dorsal. Com elas a missão confiada à Companhia de Jesus na América Latina e no Caribe encontra a unidade e coerência:

    1. Proximidade e compromisso com as pessoas que vivem nas fronteiras da exclusão;
    2. Aprofundamento e articulação do trabalho com jovens;
    3. Diálogo, fé e culturas;
    4. Consciência e solidariedade latino-americana;
    5. Espiritualidade encarnada e apostólica;
    6. Fortalecimento do corpo apostólico e colaboração na missão;


    ImPACtando é um significativo encontro que reuniu mais de 100 participantes entre jesuítas e leigos. A reunião teve a participação de 19 leigos e 84 religiosos. Eles representam todos os setores e redes que formam a CPAL: paróquias, espiritualidade, formação, educação, juventudes e vocações, colaboração, comunicação, ação social, economia, gestão e escritórios de desenvolvimento institucional. Todos e todas representando um único sujeito apostólico que trabalha na América e no Caribe: companheiros e companheiras de Jesus a serviço da missão de Deus.

    Mais informações em www.cpalsj.org

     

     

    Fonte: Núcleo de Comunicação BRA