Logo

Busque por notícias em:
2018
2017
2016
2015
2014
2013
2012
2011

Notícias

  • Alunos encenam Júri de Dom Casmurro

    A poucos dias para encerrar o ano letivo, a professora de Língua Portuguesa, Márcia Faria de Salomão, propôs uma atividade diferente: os alunos simularam o julgamento sobre a traição de Capitolina Santiago, uma questão polêmica do livro Dom Casmurro, uma das obras mais famosas de Machado de Assis.

    Cada turma do 2º ano Médio Técnico realizou um júri popular, no salão de provas. Com trajes específicos para a simulação do tribunal. Os estudantes se dividiram em juiz, jurados, advogados de defesa e acusação e testemunhas.

    “Durante os estudos do Realismo, no Brasil, propus aos alunos que fizessem a leitura do livro Dom Casmurro. O enigma da personagem viralizou entre os jovens. Assim começaram as discussões sobre a “suposta” traição”, explica a professora.

    Os estudantes aprovaram a atividade. “Tivemos que reler para entender a história e descobrimos pontos diferentes”, conta Cecília Rayane Oliveira. “Foi um momento que conseguimos nos expressar sobre o livro, com nossa opinião”, completa Robert Willian dos Reis.

    A aluna Lívia Ribeiro Lima participou da defesa. “Fui me preparando para o júri enquanto lia o livro e buscando informações extras. Pesquisei argumentos que poderiam ser usados em defesa de Capitu”.

    “Foi uma atividade incrível. Cada turma trabalhou com situações e detalhes diferentes. Queremos alunos envolvidos e questionadores, que não se acomodem com resumos de internet e opiniões vagas, mas que saibam argumentar”, finaliza Márcia.